Informação · Sem categoria

Morangos, feiras e afins

Morangos, feiras e afins

IMG_20170813_144536676

No último sábado estava eu, em um dos meus programas domésticos favoritos, fazendo a feira da semana. Quem me acompanha sabe que sou defensora árdua da compra de alimentos na feira livre. Nela, os produtos costumam ter mais qualidade, variedade e frescor, além disso, dá pra experimentar alimentos e negociar valores.

A feira é provavelmente um dos espaços comerciais mais democráticos que existe, penso que elas levam vida às ruas, também tenho a crença de que há mais divisão de renda, já que favorece pequenos produtores e comerciantes locais. Bem, voltando a feira, como já estava quase no fim, se intensificaram os gritos de guerra. Em meio aos berros divertidos me deparei com um feirante gritando freneticamente “eu tenho morango, você não tem!”, “agora é quase de graça, é cinco por dez!”.

Quando percebo, estou com sete caixinhas de morangos em sacolas, nas mãos, quando o marido vê, dá aquele olhar reprovador e diz: “Ficou doida! E o que mesmo você vai fazer com esse tanto de morango?”. Olhei pras sacolas, me toquei do exagero e soltei: “acho que polpa pra suco, vitamina, coloco na salada de frutas e algumas receitas”. Se estiver na época e barato então, o bichinho consumista facilmente toma conta de mim, nesse caso, dali morango.

Gosto muito de morango. Uma vez me disseram que achavam a fruta muito mais bonita do que gostosa. Sim, também acho que o morango é de encher os olhos, bota unzinho em qualquer prato que fica tudo bem elegante e chique, mas pessoalmente, por ser azedinha, acho a fruta deliciosa.

Em minha defesa também incluí meus famosos discursos nutricionais. Para vocês que também gostam da frutinha, vai ai parte deles. Pra começar, o morangueiro é uma planta originária das regiões temperadas da Europa. Nas condições brasileiras, a cultura do morango é conduzida anualmente, com novos plantios a cada ano-safra. Apesar de ser uma planta de origem temperada e subtropical, já existem pesquisas buscando a sua adaptação a regiões de clima mais quente, como a semiárida de Minas Gerais.

A maior parte do morango produzido é consumida fresca pela população, ou é utilizado na fabricação de iogurtes, sorvetes, geleias, em recheios e coberturas para a indústria de panificação, além de sucos e néctares.

O morango é desses que perde muito fácil, assim, o congelamento dos frutos têm sido uma estratégia para comercialização, pois nenhum método de conservação disponível é economicamente viável e preserva totalmente a qualidade da fruta fresca. Apesar disso, o morango fresco tem um valor nutritivo muito interessante.

É uma excelente fonte de sais minerais, principalmente ferro e potássio e de vitaminas A e C (140 mg em 125 g do fruto, dez unidades). Esse tanto de vitamina C ajuda a conservar os vasos sanguíneos e os tecidos; aumenta a resistência a infecções, favorece a cicatrização e o crescimento normal dos ossos, tem a capacidade de reciclar a vitamina E, acelerar a absorção de ferro e é co – fator em algumas reações de hidroxilação (dopamina para noradrenalina).

Ele também é rico em pectina e outras fibras solúveis, que ajudam no funcionamento dos intestinos e no controle do colesterol. Contém bioflavonóides, como a antocianina (de coloração avermelhada) e o ácido fenólico, ácido elágico e substâncias antioxidantes (moléculas com carga positiva que se combina com os radicais livres, de carga negativa, tornando-os inofensivos), que podem ajudar a evitar alguns tipos de câncer, tais como: taninos, glutationa e a própria vitamina C.

Têm muita coisa boa né? O único problema, é que por aqui a fruta costuma estar cheia de agrotóxicos, portanto tente investir nas versões orgânicas e aproveite que ainda estamos na época de morangos, mesmo que isso signifique descobrir o que fazer com sete caixinhas de morangos frescos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s